17 de abril de 2017

[Resenha] Silêncio - Richelle Mead



こんにちは!
Konnichiwa!

Finalmente trago a vocês a primeira resenha do blog! Ai que amor hahaha Tive a oportunidade de fazer com que essa primeira resenha fosse de um livro que foi acima das minhas expectativas e se tornou bem queridinho pra mim. Vamos ao post? 

Sinopse
Um romance de fantasia e aventura da mesma autora de Vampire Academy.
Pelo que Fei se lembra, nunca houve um ruído em seu vilarejo todos são surdos. Na montanha, ou se trabalha nas minas ou na escola, e as castas devem ser respeitadas. Quando algumas pessoas começam também a perder a visão, inclusive a irmã de Fei, ela se vê obrigada a agir e a desrespeitar algumas leis.
O que ninguém sabe é que, de repente, ela ganha um aliado: o som, e ele se torna sua principal arma. Ao seu lado, segue também um belo e revolucionário minerador, um amigo de infância há muito afastado em função do sistema de castas.
Os dois embarcam em uma jornada grandiosa, deixando a montanha para chegar ao vale de Beiguo, onde uma surpreendente verdade mudará
suas vidas para sempre. Fei não demora a entender quem é o verdadeiro inimigo, e descobre que não se pode controlar o coração.
ISBN-139788501107381
ISBN-108501107387
Ano2016 
EditoraGalera Record
Páginas: 280
Autora: Richelle Mead

Classificação:   

A resenha que trago a vocês hoje é a do livro Silêncio da autora Richelle Mead, que escreveu séries como Vampire Academy e Bloodlines. Eu já li o primeiro livro de Vampire Academy, o Beijo das Sombras, e gostei bastante. Em breve continuarei a leitura da saga e trarei mais resenhas pra vocês! 

Silêncio foi um livro que já me deixou com vontade de ler assim que vi a capa. Eu nunca vi um livro de alguma autora americana retratando uma asiática como protagonista e confesso  que de cara já gostei. A capa ficou muito bonita! Uma pena que li apenas em ebook e não comprei ainda o livro físico. 


A história gira em torno de Fei, uma garota corajosa e extremamente talentosa como artista. Ela vive em um povoado no topo de uma enorme montanha e seu povo possui uma cultura relativamente simples. Eles são divididos em hierarquias (que são extremamente rígidas) onde não há possibilidade de ao menos interagir com outra pessoa de nível hierárquico diferente. Eles são divididos entre artistas (classe à qual Fei e sua irmã Zhang Jing fazem parte), serventes e os mineradores, que passam toda sua vida trabalhando extraindo minérios preciosos da montanha. Todo esse minério é enviado por um misterioso sistema de tirolesa e, em troca, eles recebem do Guardião dos cabos comida para sua subsistência. Contudo, esse vilarejo possui uma estranha característica, todos são surdos e é assim desde os ancestrais de Fei. 

Essa realidade parece imutável, e ninguém jamais ousa questionar o fato de cada vez menos comida ser enviada pelo misterioso guardião, mesmo quando subitamente algumas pessoas do vilarejo começarem a ficarem cegas, inclusive Zhang Jing, a amada irmã de Fei. No início da leitura, já ficamos presos nesse misterioso vilarejo. Muitas perguntas surgem e a autora só atiça a curiosidade do leitor quando apenas narra que a surdez e a cegueira vieram abruptamente e sem motivo aparentemente, como um castigo divino. 

Fei faz de tudo para esconder a futura cegueira de Zhang Jing, pois é proibido manter pessoas cegas em um posto tão prestigiado e que exige tanto refinamento artístico como o de um aprendiz. A realidade parece imutável até que outro mistério vem a tona: Fei misteriosamente começa a escutar. 

"Por todos os lugares, durante todas as atividades da manhã, as sensações estranhas continuam me perseguindo. São provocadas por todo tipo de coisa e surgem das mais variadas formas. Duas xícaras de porcelana batendo uma contra a outra. O deslizar da porta que se abre para os serventes entrarem. O mingau sendo jogado nas tigelas. Pés batendo no chão. Pessoas tossindo. "

A novidade gera dúvidas e medo em Fei. Ela se sente receosa quanto a ideia de contar a alguém e ser vista como louca.  Decide, portanto, não contar a ninguém. Em meio a tais descobertas, nos deparamos com uma crise no vilarejo. Devido ao aumento nos casos de cegueira, os mineradores perdem mão de obra e a extração de minérios fica mais escassa, o que enfurece o guardião que fica em baixo da montanha. O fornecimento de comida começa a ser feito em menor quantidade o que gera ainda mais fome, medo e miséria no povo de Fei. 

Em meio a esses conflitos, ela reencontra um antigo amor de infância cujas classes diferentes os obrigaram a se separar, o minerador Li Wei. Ambos ficam determinados a descobrir os mistérios que rondam o guardião dos cabos, e a vontade de saber o que há abaixo da montanha se torna forte o  bastante para que os dois decidam se aventurar no misterioso território montanha abaixo, onde ninguém de seu povoado jamais se atrevera a ir. O medo de provocar a ira do guardião foi ofuscado pela vontade de encontrar uma possível solução para a cegueira que acometia sua irma e logo Fei e Li Wei partem em busca do desconhecido.  

É claro que esse amor de infância aparentemente se mostra outro fator pra tornar a jornada da corajosa Fei ainda mais turbulenta. Confesso que a personalidade de Fei me deixou meio confusa no início. Ela parecia não se importar com nada além de sua irmã Zhang Jing, mas logo começamos a compreender que ela se importa muito com seu povo e não tem medo de arriscar a vida para solucionar problemas e mistérios que envolvem seu pequeno povoado. Li Wei também me surpreendeu. Ele é forte e muito leal. Sempre viu a essência de seu povo. Viu o medo das pessoas e nunca se conformou com o fato de que todos ali aceitavam o destino cruel que o guardião impunha sem nem ao menos questionar. Li Wei também não procura esconder que ainda nutre sentimentos por Fei. E ela, apesar de confusa, não admite o que seu coração quer dizer e somos induzidos a torcer por eles. 

"A anciã Lian nos alertou muitas vezes sobre qual deve ser o comportamento adequados entre garotos e garotas, ressaltando sempre com uma expressão muito séria a chance de aparecerem "sentimentos perigosos". Embora, do meu lado, não me preocupe tanto com essa parte de sentimentos que possam surgir. Eles já estão aqui."

Fei e Li Wei descobrem muitas verdades há muito enterradas. Nos deparamos com mais e mais mistério. Eles descobrem segredos do que há abaixo das montanhas e percebem que salvar seu povoado da cegueira e da fome pode ser mais difícil do que imaginavam. 

Uma das coisas que mais me chamaram atenção nesse livro foram as inúmeras referências à cultura chinesa. Seja pelos nomes dos personagens, pelos costume ou até pela forma como se vestem e decoram o ambiente. Embora eu deva ressaltar que a autora jamais citou qualquer idioma que conhecemos e nem ao menos o nome de algum país específico, deixando tudo para nossa imaginação. 

Espero que essa resenha tenha transmitido um pouquinho do que é a obra incrível de Richelle Mead e que desperte a curiosidade de vocês. Recomendo que leiam e aprecie! O livro é curtinho e eu adoraria que houvesse uma continuação, mas acho que não há mais o que contar hahaha uma pena. 


A Autora


Richelle Mead é uma leitora voraz, fascinada por mitologia e folclore. Autora reconhecida tanto pelo público como pela crítica na área da fantasia urbana para adultos.

Autora da série bestseller, Vampire Academy, com fãs pelo mundo todo, e que ja ganhou honras da American Library Association.

Fonte: Skoob.


----------------- *-*-*-*-------------------



Espero que tenham gostado! 

Beijos!





41 comentários:

  1. Oie,
    parabéns pela resenha.
    Os livros da autora não li nenhum, o tipo de história não é muito atrativa para mim. Mas Silêncio trás algo bem legal que é a cultura chinesa, achei legal explorar um pouco isso, já que é uma cultura muito rica.
    Quem sabe eu não leia o livro e goste?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Helana! Obrigado, que bom que gostou ^^ Muitas pessoas me falam isso hahaha mas pôs te garantir que Silencio é bem diferente de outros livros da Richelle. Acho que vai gostar bastante ♡ beijos

      Excluir
  2. Quero ler esse livro! Gosto de tudo que envolve o Oriente e quando li na sua resenha que a autora traz referências da cultura chinesa, fiquei empolgada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jac! Fico muito feliz que tenha gostado! Eu também adoro a cultura oriental ♡ supõe recomendo o livro! Espero que goste da leitura ♡ beijos

      Excluir
  3. Que amor essa primeira resenha! Esse é um livro que eu gostaria de ler, já vi várias resenhas falando muito bem e essa questão da cegueira súbita me desperta bastante a curiosidade! Beijos
    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dai ^^ que bom bom gostou ^^ o livro é ótimo, de fato a cegueira súbita é um dos mistérios que rondam a história ♡ beijos

      Excluir
  4. Gostei ótima Resenha é interessante o livro vou ver gostei ja coloquei na minha lista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ary! Que bom que gostou ^^ espero que consiga ler ♡ beijos

      Excluir
  5. É muito bom quando começamos a ler um livro e o livro nos envolve de uma maneira que queremos mais e mais. Gostei muito da história, é uma história inovadora a escritora desenvolveu muito bem a história, fantasia é um dos gêneros que gosto. Parabéns pela sua primeira resenha do blog, bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lucimar ^^ sim,é uma sensação muito boa mesmo! Que bom que gostou ♡ eu também amo fantasia! Muito obrigado pela visita! Beijos

      Excluir
  6. É tão bom resenhar um livro que a gente ama, né?! A capa realmente é maravilhosa! Sua resenha foi muito boa, você conseguiu mantar uma linha tênue, fazendo sentido a história e acontecimentos, sem nos dar spoilers... sucesso!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é ótimo <3 Que bom que gostou! Fico feliz ^^ A capa é realmente fantástica, foi a primeira coisa que me chamou atenção! Bjs

      Excluir
  7. Profundo e detalhista!
    Gosto de livros assim, pois mesmo sendo bem detalhista deixa a imaginação solta.
    Muito bom!

    ResponderExcluir
  8. Estes livros são lendas simplesmente incríveis. Eu adoraria ver Richelle Mead fazer um pequeno romance sobre o relacionamento ela seria consciente de lidar com a perda do vínculo. Ambientado em um mundo chinês inspirado, em uma aldeia isolada no topo de uma montanha. Desde que o mundo não faz nenhuma pretensão de realmente onde estar China antiga, mas sim uma aproximação, eu não se irritaram sobre quaisquer imprecisões históricas. De qualquer forma, as pessoas na aldeia foram surdos durante vários séculos, comunicando-se apenas através de linguagem gestual. Seja o que for, eu gostei.Beijo ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! De fato foi uma experiência maravilhosa ler essa pequena história <3 Sou apaixonada por culturas do oriente, e a da China é uma das mais incríveis e ricas! Beijos

      Excluir
  9. Que maravilhosa essa capa 😱😱😱
    Já fiquei apaixonada só por esse dethe lindo. Agora sobre sua resenha, está aindaais apaixonante e me deixou corroendo de vontade de adquirir esse livro.
    Adorei o gênero e o decorrer da história.
    Beijinhos e sucesso!

    www.segredosdajuhcosta.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Juh! Fico muito feliz que tenha gostado! Essa capa é incrível mesmo, a editora arrasou! Espero que tenha a oportunidade de desfrutar dessa leitura <3 Beijos

      Excluir
  10. Primeiramente OLHA ESSA CAPA, aaaaaaa. O título combinou com ela, passa um mistério daqueles. Segundo, para o mundo que preciso ler. Eu tenho os livros da Academia de Vampiros que ganhei de uma amiga mas como não faz muito minha praia vampiros teens, larguei de lado porém a Richelle tem muitas outras obras lindas e essa é uma delas. Uma que a história gira em torno de hierarquias e deficiências, simplesmente amo quando abordam assuntos assim. E só em saber que a mocinha passa a escutar e se ajuntar com o mocinho já deixa meu coração cheio de "nhooooooy". Para uma pessoa que ingere horror/terror 24h por dia, qualquer história que fuja do caos dos meus livros/filmes com certeza vai me deixar mega apaixonada. Adorei o modo como estruturou a resenha ordenando trechos do livros, sinopse e sua opinião, me senti conversando contigo enquanto lia. Mega sucesso e beijão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Priscila! Aaa eu também amei a capa! Eu fiquei impressionada quando descobri Silêncio, achei que a Richelle só escrevia livros com vampiros, mas acredite esse livro é bem diferente! O romance é bem fofo mesmo hahaha apesar de turbulento por conta de tantos acontecimentos e mistérios, mas assim as coisas ficam mais emocionantes, né? hahaha Sim, é sempre bom fugir um pouco do padrão ^^ Fico muito feliz que tenha gostado! Obrigada pelo comentário! Beijos

      Excluir
  11. Uau! Estou encantada com a história! Eu já li tantas resenhas que me pergunto onde eu estive esses anos todos. Tem muito tempo que não leio nada e estou adorando as resenha!!! A sua está perfeita!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alessandra! Eu também estava sem ler a muito tempo , e decidi voltar a leitura com essee livro ♡ fico muito feliz que tenha gostado! Espero que volte a ler ^^ Beijos

      Excluir
  12. Oiii,O livro parece ótimo,Gostei bastante da sinopse dele bem interessante fiquei curiosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alzinete! Que bom que gostou ^^ Espero que possa ler Silêncio ♡

      Beijos

      Excluir
  13. Oi Bianca, tudo bem?

    Só pela capa já leria esse livro. A arte da obra está muito bem feita e já causa certo frisson no leitor. Saber que o livro traz um pouco da cultura asiática e dos costumes deles já me deixa mais curiosa, pois adoro livros com este tema e enredo. Gostei do fato dela criar de certa forma, uma distopia, onde as pessoas são divididas em classses e não podem se misturar. Com toda certeza seri um livro que leria e gostaria, pois os elementos chamam a atenção. Adorei a resenha, Parabéns!


    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline! Fico muito feliz que tenha se interessado pelo livro ♡ obrigado pela vista!Beijos

      Excluir
  14. Achei a história do livro bem interessante, pois o povo da aldeia são surdos e pra piorar a situação começão a ficar cegos. A Fei parece ser uma pessoa muito corajosa pois ela vai contra a lei para tentar reverter a cegueira de sua irma ou pelo menos descobri o que esta causando isso. Eu nunca li um livro assim, e também não conheço a autora mais já quero ler esse. Bjs!

    http://fabiisanto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fabi! A Fei é muito corajosa mesmo! Que bom que gostou ^^ obrigado pela visita

      Beijos

      Excluir
  15. Nossa, eu esrou vendo muito esse livro ser falado por ai, e muita gente amando ele, assim como você, e eu me interessei muito pela leitura. Além de ter uma história ótima e uma capa linda, ele ainda nos ensina outras culturas? amei muito e já vou procurar pra ler!

    MEMÓRIAS DE UMA LEITORA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzane! Fico feliz que tenha gostado! Espero que consiga ler e que aproveite bem o livro!

      Beijos

      Excluir
  16. Não conheço o trabalho dessa escritora e nem tão pouco tinha ouvido falar no nome dela, mas fiquei curiosa quanto ao livro. Parece-me bom, sobretudo pela forma como o descreveste. Não sou apreciadora de filmes orientais, mas dos livros gosto, ou que sejam baseados no território e cultura dos países do oriente. Adoro quando os livros me fazem viajar (mesmo sem sair do lugar)! :)

    http://magarosa3.blogspot.pt/
    (Rosa Rosa)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que vai adorar conhecer o trabalho da Richelle começando por este livro! É uma ótima leitura! Beijos

      Excluir
  17. Uau, eu achei bem parecido com alguns livros que já li, conheço a autora e alguma de suas obras mas essa eu ainda não conhecia e bom me encantei, vou ler porque ela me deixou bem intrigada.

    ResponderExcluir
  18. Olá, parabéns pela primeira resenha, que ficou ótima, bem explanada, rica em detalhes! Eu nào conhecia a autora Richelle Mead, mas vi que tem grande talento! Gostei da sinopse do livro, gosto de temáticas de fantasia e romances !É certo que deve ser uma ótima leitura!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vany! Que bom que gostou da resenha! Fico feliz! Obrigado pelo comentário!

      Beijos

      Excluir
  19. Olá!
    Não conhecia a autora e nem a obra. Achei super interessante a forma que você, além de falar do enredo, soube posicionar sua opinião sobre o livro! Anotei a dica e vou tentar ler ele – minha lista só cresce D:

    Beijos, Lorena

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lorena! Eu te entendo kkk a minha lista está enorme também! Que bom que se interessou pela obra! Beijos

      Excluir
  20. Oi, um amigo meu já leu esse livro e sempre fica insistindo pra eu ler os livros da autora e acho que vou tomar coragem depois de ter lido sua resenha, a premissa é mesmo bastante interessante, gostei muito como você falou do livro.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Arthur!Aposto que vai gostar muito se conhecer o trabalho da autora com Silêncio, este livro é ótimo, concordo com seu amigo haha ^^ abraços

      Excluir
  21. Li esse livro ano passado e essa capa é realmente encantadora. Já conheço a escrita da autora pela séria Academia de Vampiros (que por sinal é sensacional, assim como o spin-off) e por esse fato, notei que faltou algo a mais durante a narrativa desse livro. Ainda assim, é uma história que encanta. Fei e Li Wei são perfeitos juntos, e a parte final realmente faz valer a pena a leitura.
    Bjim!
    Tammy
    Livreando | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tammy!Eles são lindos juntos mesmo ♡ eu gostei muito do final também! Ainda nao terminei de ler a série Academia de Vampiros, só terminei o primeiro livro e logo vou começar o segundo! Pelo jeito essa série vale a pena, né? ♡

      Beijos

      Excluir